Série A do Campeonato Brasileiro pode ser paralisada por conta de problemas no Náutico



A duas rodadas do fim da Série A Brasileiro, eis que explode uma “bomba” que pode, de fato, paralisar a competição por tempo indeterminado. O pivô do imbróglio: o Náutico. Ou melhor, a diretoria do clube. Capitaneados por Martinez em uma coletiva nesta quinta-feira, os jogadores demonstraram insatisfação com a presidência do Timbu. Porta-voz do grupo, o volante revelou atrasos de dois meses no salário e falou ainda que os atletas que estavam machucados eram remunerados. Diante de toda essa problemática, o Bom Senso FC, movimento criado neste ano pelos jogadores para cobrar melhorias nas condições de trabalho no futebol brasileiro, afirmou em nota que o campeonato pode parar caso os alvirrubros não sejam pagos ou sofram algum tipo de retaliação dos diretores.

Vale lembrar que o próprio Martinez já havia sinalizado para a possibilidade de uma greve. Mas só por parte dos jogadores do Náutico se os salários não fossem depositados em suas contas bancárias. “Vamos dar um prazo para efetuarem o pagamento até amanhã (esta sexta-feira)”, alertou.

Confira a nota do Bom Senso FC na íntegra:


“Nesta quinta-feira o Bom Senso FC tomou conhecimento dos problemas que os atletas do Clube Náutico Capibaribe estão enfrentando, em relação a atrasos de salários”.

“Os jogadores estão cobrando o justo e o que é devido pelo clube. Sabendo da repercussão interna e das ameaças públicas sofridas pelos profissionais, o Bom Senso FC declara que caso exista alguma tentativa de retaliação aos atletas e o não pagamento da dívida, o Campeonato Brasileiro da Série A será paralisado IMEDIATAMENTE. Aguardamos soluções urgentes”.

“Bom Senso Futebol Clube. Por um futebol melhor para quem joga, para quem torce, para quem apita, para quem transmite, para quem patrocina. Por um futebol melhor para todos”.

Post Author: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *