Passeio pelo Rio Capibaribe atrai recifenses e turistas neste domingo (9)

Foto: Nando Chiappetta/DP/D.A Press
Foto: Nando Chiappetta/DP/D.A Press
O projeto Praias do Capibaribe, criado para chamar a atenção dos governantes e da população para a necessidade da revitalização do Rio Capibaribe, atraiu um grupo de cerca de 50 pessoas, na tarde deste domingo (9). Um píer flutuante, com uma piscina improvisada, e uma bola gigante de plástico foram as novidades da 17ª edição do projeto, que desta vez aconteceu na altura do Museu Murillo La Greca, no bairro do Parnamirim, no Recife. 

O músico Alexandre Barreto, 33 anos, foi o primeiro a entrar na bola gigante e “andar” pelas águas do rio. “Acho que é o sonho de todo mundo esse contato com o rio. Uma sensação muito boa”, disse o músico, que pagou a taxa de R$ 10 pelo passeio. 

O uso da piscina e da bola tem dupla finalidade. Os instrumentos evitam o contato das pessoas com a água poluída sem, no entanto, afastá-las do rio. Ao contrário, aproximam de um curso d’água que, segundo o Plano Hidroambiental (PHA) da Bacia Hidrográfica do Rio Capibaribe, apresenta concentrações elevadas de amônia e fósforo. Essas concentrações foram verificadas em coletas feitas da Agência Pernambucana de Meio Ambiente (CPRH).

Post Author: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *