Oi investe R$ 29,7 milhões em Pernambuco no primeiro trimestre de 2016


A Oi investiu mais de R$ 29,7 milhões de reais no Estado de Pernambuco no primeiro trimestre de 2016. A operadora está priorizando investimentos em suas redes de telecomunicações como uma das estratégias do plano de transformação operacional da companhia para melhoria da qualidade do serviço aos clientes em todas as regiões. No mesmo período também foi implantado um novo site de telefonia móvel 3G. A Oi oferece cobertura 4G nas cidades de Recife, Jaboatão dos Guararapes  Petrolina, Caruaru, Paulista e Olinda.


A Oi vem concentrando seus esforços na transformação do negócio, como parte de um plano de longo prazo baseado em quatro pilares: convergência, digitalização, austeridade nos custos e experiência do cliente. Nesse ambiente em transformação, a companhia continua progredindo operacionalmente, capturando as mudanças na dinâmica do mercado e construindo a base para um crescimento sustentável e de longo prazo.

Resultados operacionais 1º trimestre de 2016

·         No segmento de Mobilidade Pessoal: a Oi  registrou crescimento anual de 24% na receita de dados móveis. Nesse segmento, a receita de dados totalizou R$ 853 milhões no 1T16, representando 48% da receita de clientes do segmento, com crescimento anual de 24,4%. A crescente penetração do 3G/4G, atualmente em 63% da base total, a melhoria no mix de vendas e o lançamento do Oi Livre e Oi Mais impulsionaram o aumento da demanda por tráfego de dados. Ao final do primeiro trimestre de 2016, os clientes do Oi Livre já representavam 33% da base total do pré-pago e os clientes que migraram das ofertas antigas para o Oi Livre Por Semana apresentaram um aumento de 19% no volume de recargas. Estes efeitos reduziram os impactos macroeconômicos no resultado de Mobilidade Pessoal.

·         No segmento residencial ,a  Oi registrou aumento anual de +4,2% no ARPU.  O ARPU do segmento Residencial atingiu R$ 80,8 no primeiro trimestre do ano, com aumento de 4,2% em relação ao primeiro trimestre de 2015, resultado da estratégia de rentabilização de base de clientes com ofertas de planos de serviços convergentes e de mais alto valor. Como destaque, o segmento apresentou aumento da penetração dos planos fixos ilimitados na base de telefonia fixa, atingindo 22,2% da base total da fixa; maior velocidade média da base de clientes de banda larga, que fechou o trimestre em 5,8 Mbps (alta 25,2% frente ao primeiro trimestre do ano passado); e  melhoria do mix de clientes de alto valor na TV paga, que quase dobrou, atingindo 24,1% da base total de TV paga. Vale ressaltar que nos serviços de banda larga e TV paga registraram adições líquidas após quatro trimestres de desconexões líquidas; e na telefonia fixa, a Oi registrou desconexão de 145 mil linhas no trimestre, o menor nível dos últimos três anos.







Com informações da assessoria.
























Post Author: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *