Câmara de Catende prorroga licença do prefeito investigado; vice não assume


A noite desta segunda-feira (13) foi de decisão na Câmara de Vereadores José Soares, de Catende, na Mata Sul, que apreciou o futuro do Poder Executivo que está sem comando, diante do fato do prefeito Otacílio Cordeiro (PSB) ter sido preso na operação “Tsunami’. O gestor é suspeito de integrar um grupo que praticava emprego irregular de verbas públicas, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro na Prefeitura de Catende. Ao todo, foram cumpridos 11 mandados de prisão preventiva. Os envolvidos foram encaminhados ao Centro de Triagem (Cotel), e as mulheres, levadas para a Colônia Penal Feminina,no Recife.

A expectativa nesta sessão legislativa era que o vice-prefeito Josibias Cavalcante (PSD), fosse empossado conforme o que determina a legislação, porém os vereadores decidiram por conceder uma licença de mais 15 dias ao prefeito.








Saiba mais aqui.























Post Author: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *