Conselho Curador da EBC repudia a possibilidade de extinção da empresa

Com a extinção da EBC, empresa de comunicação pública e gratuita, a produção e distribuição da informação no país seria feito por jornais, TVs, rádios e portais de capital privado 


O Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) manifestou ontem (13) repúdio, por meio de nota, ao que considerou “ameaça de intervenção do governo interino de Michel Temer”.

“O Conselho Curador da EBC manifesta seu veemente repúdio à tentativa de desestabilização da empresa pública, com base em problemas cujas soluções competem aos gestores, trabalhadores e conselhos e não à interferência e tutela governamental”, afirma a nota.








Saiba mais aqui.

























Post Author: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *