Atletas do Grupo Ser Educacional vão às Olimpíadas

Por Mauro Rossiter

O Grupo Ser Educacional vem investindo cada vez mais no esporte e em atletas que podem demonstrar talento em suas áreas de atuação. O reflexo disso veio na convocação de 10 atletas e ex-atletas ligados às instituições de ensino superior vinculadas ao grupo para representarem o Brasil nos Jogos Olímpicos deste ano, que acontecem em agosto no Rio de Janeiro.

No basquete feminino três atletas foram chamadas: Adriana Mafra, Tatiane Pacheco e Kelly Santos. Adriana é armadora e cursa o 4° período de Educação Física na UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau. Ela disse que ser convocada é a realização de um sonho. “Fui convocada em abril e fiquei muito feliz, é o sonho de qualquer atleta representar o seu país, principalmente em uma Olimpíada realizada aqui no Brasil. A expectativa é a melhor possível para a conquista de uma medalha”, afirmou.

Mafra falou ainda que o incentivo dado pela universidade para que pudesse voltar a estudar foi fundamental para o crescimento como atleta. “Eu voltei do exterior e a universidade me proporcionou poder participar dos Jogos Universitários, competição que eu não havia disputado antes, e isso só agregou mais experiência. E pude voltar a estudar, esporte e educação se complementam, isso foi essencial, pois sem o curso não iria adiante. O que eu aprendo na universidade ajuda a me tornar uma atleta melhor e é importante para o meu futuro profissional”, concluiu.

Além do basquete, outras modalidades foram contempladas com a convocação. Yane Marques irá representar o Brasil mais uma vez no pentatlo moderno. Bronze em Londres (2012), ela estreia em 18 de agosto. Na natação, Joanna Maranhão e Etiene Medeiros seguem com uma delegação recorde de nadadores para tentar conquistar medalhas. O atletismo será representado pelas atletas da marcha atlética, Cisiane Dutra e Erica Sena, além de Wagner Domingos no lançamento de martelo. Por último, o handebol feminino ganha a inclusão da atleta Francielle Rocha Rodrigues, estudante do 6° período de Pedagogia da Universidade de Guarulhos – UNG.

Incentivo ao esporte –

Vislumbrando o esporte como um caminho para a inclusão de pessoas que não têm acesso ao ensino superior de qualidade, o Grupo Ser Educacional investe e apoia indivíduos que podem desenvolver habilidades esportivas em diversas áreas. Contando atualmente com 563 desportistas, a companhia concede bolsas a 414 deles, abrangendo todas as modalidades de esportes.

As equipes desportivas que representam as instituições de ensino superior integrantes do grupo já se sagraram campeãs em competições de Beach Games, Jogos Universitários Brasileiros, Jogos Universitários Pernambucanos, Liga do Desporto Universitário e Mundial Universitário com o Beach Soccer. Dentre os títulos mais importantes estão: tricampeão do Troféu Eficiência da CBDU 2010, 2012 e 2014 (eleita por três vezes a melhor do país no desporto universitário); onze vezes campeão geral pernambucano universitário (de 2005 a 2015); tetra campeão geral da liga do desporto universitário (2010, 2012, 2013 e 2014); penta campeão geral do Beach Games (Jogos Brasileiros de Praia, de 2011 a 2015); campeão mundial universitário de Beach Soccer Masculino em 2015; e Bicampeão do JUBs, em 2010 e 2012.


De acordo com o Coordenador de Esportes do Grupo, Carlos Hermógenes, a iniciativa é importante por demonstrar o interesse da companhia no desenvolvimento do desporto e ainda proporcionar o acesso ao ensino superior a quem normalmente teria mais dificuldade. “Para nós, a instituição, é a realização de um projeto social, ao mesmo tempo fortalecendo as nossas equipes com um alto nível de rendimento dos nossos atletas, levando o nome da instituição aos maiores eventos esportivos estaduais, nacional e internacional. Além de ser importante para o esporte, é uma boa forma de inclusão social a partir do momento em que jovens atletas carentes passam a receber oportunidades na rede privada de ensino. Assim como já acontece nos Estados Unidos, a formação acadêmica andaria lado a lado com o crescimento dentro das quadras ou campos”, afirmou.


Para os alunos praticantes das modalidades esportivas oferecidas nas instituições de ensino da companhia e interessados em adquirir uma bolsa de estudos, basta entrar em contato com o departamento de esportes da unidade onde estuda e agendar uma avaliação com os treinadores do grupo, quando será analisada a possibilidade de integrar uma das equipes competitivas e ser beneficiado com o incentivo. O atleta então deverá manter a disciplina tanto nos estudos como nos treinos e não deve perder cadeiras durante o curso para manter a bolsa.






Com informações da assessoria.


























Post Author: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *