Paralisação da Policia Civil é adiada para o inicio de agosto


Em virtude da forte chuva que caiu na Região Metropolitana do Recife desde o início da tarde desta terça-feira(19), a assembleia que discutiria a resposta do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SINPOL-PE) ao governo do estado, que optou por não dialogar com a categoria sobre as péssimas condições de trabalho e remuneração, foi remarcada para o dia 2 de agosto, às 9h. A reunião começará na Sede do SINPOL, em Santo Amaro, e seguirá em passeata até o Palácio do Governo, onde terá continuidade.  

Mesmo diante das fortes chuvas e o consequente adiamento da assembleia, os Policiais Civis parecem ter saído motivados do encontro. “o sindicato continua firme na luta e a categoria já mostra mobilização. Apesar de todo esse temporal que caiu na região metropolitana hoje compareceram mais de 350 policiais, que decidiram adiar a paralisação e fazer uma nova assembleia. Na oportunidade o sindicato vai decidir sobre o caráter das paralisações, que podem ser de 24, 48 ou 72 horas”, anuncia o Presidente do SINPOL, Áureo Cisneiros.

O SINPOL tem denunciado que os Policiais Civis de Pernambuco recebem o pior salário do Brasil e estão expostos a péssimas condições de trabalho. Perto do carnaval deste ano o Governo acordou que membros do SINPOL junto a técnicos do estado iriam elaborar em 90 (noventa) dias um novo plano de cargos e carreira da categoria. Foi um compromisso do Governo com os policias, que diante do acordo encerram a paralisação do carnaval. Fizemos nossa parte, mas até agora o governo não cumpre a sua, demonstrando profundo desrespeito. 
https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

t




Com informações da assessoria.






















Post Author: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *