Governo do Estado libera R$ 73,6 mil para obras na Mata Sul

Valor faz parte de um repasse maior do FEM que disponibilizou R$ 3,28 milhões para obras em 16 municípios pernambucanos

O governo de Pernambuco liberou, nesta terça-feira (19), R$ 73.674,80 para a realização de obras em dois municípios da Mata Sul do Estado: Amaraji e Cortês. Os recursos foram disponibilizados pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), através do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM). Todos os municípios de Pernambuco participam do FEM e o repasse destes recursos acontece de acordo com o cronograma das obras. O programa se encontra na sua terceira edição e soma R$ 732 milhões de investimentos. Deste valor, mais de R$ 386 milhões já foram liberados.    

Para o município de Amaraji, o Governo de Pernambuco repassou mais de R$ 60 mil  referentes à 3ª e 4ª parcela de um plano de trabalho do FEM II e à 3ª parcela de outro plano de trabalho, também do FEM II. O primeiro prevê a construção do muro da garagem municipal, enquanto o segundo plano vai viabilizar a pavimentação em paralelepípedos graníticos de diversas ruas da cidade.  Em Cortês, o Governo do Estado liberou quase R$ 14 mil para a construção da praça da entrada da cidade e pavimentação do entorno. O valor também é referente à 3ª parcela do FEM II.

Márcio Stefanni ressalta o compromisso que o governo do estado tem com a manutenção deste Fundo. “Ao liberar esse volume significativo de recursos em um cenário de forte restrição fiscal, o Governo de Pernambuco reafirma sua disposição em continuar apoiando os municípios. Esse dinheiro será convertido em obras, vai gerar empregos e movimentar a economia local”, afirma o secretário.

Flávio Figueiredo, secretário executivo de Apoio aos Municípios da Seplag complementa o raciocínio de Márcio. “A parceria com os municípios é uma prioridade do Governo Paulo Câmara e o FEM é uma importante ferramenta para viabilizar essa parceria. Estamos sempre em contato com os gestores municipais e percebemos o quanto o FEM vem ajudando as prefeituras a realizar obras importantes”, disse Flávio. 

Além de Lagoa Grande e Santa Maria da Boa Vista, mais 14 municípios em outras oito regiões de desenvolvimento também receberam parcelas do FEM, o que dá um total de R$ 3,28 milhões liberados. O Sertão Central foi a região mais beneficiada, com três cidades recebendo recursos: Cedro, Verdejante e São José do Belmonte. Outras quatro regiões de desenvolvimento tiveram dois municípios que receberam recursos: Agreste Meridional, Caetés e Itaiba; Sertão do São Francisco, Lagoa Grande e Santa Maria da Boa Vista; Região Metropolitana do Recife, Jaboatão dos Guararapes e Itapissuma; Sertão do Pajeú, Afogados da Ingazeira e Tuparetama. Altinho, no Agreste Central, Arcoverde, Sertão do Moxotó e Bom Jardim, Agreste Setentrional, também receberam parcelas dos recursos do FEM.

FEM – Criado através da Lei nº 14.921, de 11 março de 2013, o FEM tem como objetivo apoiar os municípios pernambucanos na implantação de projetos que contribuam para o desenvolvimento municipal e permitam a retomada da realização de investimentos cuja execução foi comprometida pelo momento de fragilidade das finanças municipais. Os recursos repassados pelo FEM aos municípios são equivalentes a uma cota média mensal do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) recebido por cada município no ano anterior e é liberado em parcelas.
https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif





Com informações da assessoria.


























Post Author: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *